• Marcos Rossi

Clipping | nº 173, quarta-feira, 23 de fevereiro de 2022 - Ano III


RADAR

Empresarial, Tributário e Aduaneiro


ME | Ministro da Economia diz que governo fará proposta de redução do IPI

O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse nesta terça-feira (22/2) que o governo federal estuda uma proposta de redução do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) como forma de o país avançar com urgência no processo de reindustrialização. A afirmação foi feita durante participação na CEO Conference, evento realizado pelo banco de investimentos BTG Pactual.

https://www.gov.br/economia/pt-br/assuntos/noticias/2022/fevereiro/ministro-da-economia-diz-que-governo-fara-proposta-de-reducao-do-ipi


Conjur | STJ mantém decisão que proibiu cervejaria de parcelar dívida fiscal em 2.000 anos

O Superior Tribunal de Justiça não pode rever acórdão proferido com base em fundamentos constitucionais. Com esse entendimento, o ministro em exercício Manoel Erhardt, desembargador convocado do Tribunal Regional Federal da 5ª Região, manteve decisão do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro que proibiu uma empresa do grupo da Cervejaria Petrópolis de parcelar sua dívida de R$ 1,2 bilhão de ICMS em mais de 2.000 anos.

https://www.conjur.com.br/2022-fev-22/stj-mantem-proibicao-cervejaria-parcelar-divida-2000-anos


Conjur | Considerações aduaneiras sobre o artigo mais descumprido do CTN

Trata-se do artigo 212 do Código Tributário Nacional (Lei 5.172/1966 — CTN), que estabelece: "Os Poderes Executivos federal, estaduais e municipais expedirão, por decreto, dentro de 90 (noventa) dias da entrada em vigor desta Lei, a consolidação, em texto único, da legislação vigente, relativa a cada um dos tributos, repetindo-se esta providência até o dia 31 de janeiro de cada ano".

https://www.conjur.com.br/2022-fev-22/territorio-aduaneiro-consideracoes-aduaneiras-artigo-descumprido-ctn


Jota | Câmara de Dirigentes Lojistas do RJ consegue na Justiça excluir ISS do PIS/Cofins

A Câmara de Dirigentes Lojistas do Rio de Janeiro (SPC-RJ) conseguiu na Justiça o direito para que suas associadas e filiadas excluam o ISS da base de cálculo do PIS e da Cofins. A Justiça reconheceu também o direito dessas empresas de restituir os valores pagos indevidamente nos cinco anos anteriores ao ajuizamento do processo. A sentença, em um mandado de segurança coletivo, foi proferida em primeiro grau pela 22ª Vara Federal do Rio de Janeiro.

https://www.jota.info/tributos-e-empresas/tributario/camara-de-dirigentes-lojistas-do-rj-consegue-na-justica-excluir-iss-do-pis-cofins-22022022


Conjur | Juiz autoriza indústria de alumínio a apurar créditos de R$ 33 milhões em PIS/Cofins

A Alux do Brasil Indústria e Comércio Ltda, uma indústria de Nova Odessa (SP), obteve na Justiça Federal da 3ª Região uma liminar para apuração de créditos de PIS e Cofins, no valor de R$ 33 milhões. A decisão contra a União Federal foi dada pelo juiz Ewerton Teixeira Bueno, da 1ª Vara Federal de Piracicaba (SP).

https://www.conjur.com.br/2022-fev-21/juiz-autoriza-industria-apurar-creditos-33-mi-piscofins


SISCOMEX | Importação n° 003/2022 – Anuência Exército

A partir de 23/02/2022, serão promovidas as seguintes alterações no tratamento administrativo aplicado às importações de produtos classificados nos subitens 38140090 e 38249989 da Nomenclatura Comum do Mercosul, sujeitos à anuência da Diretoria de Fiscalização de Produtos Controlados do Exército (DFPC).

http://www.siscomex.gov.br/importacao/importacao-n-003-2022/


DOU | IN RFB Nº 2.052/22 – Altera Notas Explicativas (OMA)

Anexo Único, a qual aprovou a tradução das atualizações das Notas Explicativas do Sistema Harmonizado de Designação e de Codificação de Mercadorias publicadas pela Organização Mundial das Alfândegas (OMA).

https://www.in.gov.br/en/web/dou/-/instrucao-normativa-rfb-n-2.052-de-6-de-dezembro-de-2021-382237826


Valor | Lei anterior ao Convênio ICMS Difal 236 é nula

Artigos e vídeos nas redes sobre a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) no caso da ADI 5.469 - ICMS Difal - mostram a insanidade tributária que assola o país. No caso, a Suprema Corte declarou por maioria que cláusulas do Convênio Confaz nº 93, de 2015, são inconstitucionais porque, em resumo, as matérias da Emenda Constitucional nº 87, de 2015, que incluiu o ICMS Difal na Constituição, deveriam ter sido reguladas por lei complementar.

https://valor.globo.com/legislacao/noticia/2022/02/23/lei-anterior-ao-convenio-icms-difal-236-e-nula.ghtml


Para acesso ao nosso site, acesse:


www.marcosrossiadv.com.br


Endereço | Conjunto Nacional Av. Paulista, 2073, 17 andar, Sala 1702, Horsa II | São Paulo, SP

15 visualizações0 comentário